Museu de Arqueologia e História de Maués

Na cidade de Maués, no médio Amazonas, o Museu de Arqueologia de História de Maués foi fundado, em 1999, pelo casal Waldo Monteiro e Ruth Monteiro, e legalmente constituído em 2008. A missão do museu é preservar, conservar, projetar e divulgar as múltiplas expressões culturais locais.

Fonte: Lucas Jatobá, 2011.
O acervo consta com mais 300 peças, com exposições de longa duração e exposições itinerantes. O museu já alcançou mais de 9 mil visitantes desde 1999. O espaço tem quatro salas de exposição e está situado na residência do casal Waldo e Ruth. Há um projeto de mudança para um local na estrada de Maués.
Entrada do museu
Fonte: Lucas Jatobá 2011.
O museu faz parte institucionalmente do CULTUAM – Centro de Preservação, Conservação da Cultura-Arte e Ciências. O Centro é atualmente um Ponto de Cultura de Maués, desenvolvendo atividades de artesanato, arqueologia, cultura digital, dança e música.  


Segundo Waldo Monteiro, conhecido como Barrô, a coleta de vestígios arqueológicos levou à criação do museu. A coleção arqueológica foi adquirida devido ao aparecimento constante de vestígios arqueológicos em Maués, depois crescendo com doações de moradores e de pessoas de fora da cidade. Por isso, houve a necessidade de abrir um espaço para preservação e exposição. Hoje o museu tem autorização do IPHAN, tem cadastro no Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM e desenvolve atividades como Ponto de Cultura do Ministério da Cultura – Minc.
Sala de cerâmica
Fonte: Lucas Jatobá, 2011.
    
Atividades do CULTUAM:

- artesanato
- arqueologia
- boi de caixa
- cultura digital
-elaboração de cartilha de plantas medicinais
- formação de grupo contador de estórias
- grupo de dança
- grupo musical de raiz



Instrumento musical do gambá de Maués
Fonte: Lucas Jatobá, 2011.



Av. Pereira Barreto n. 404, Centro
Maués, AM.
(92) 3542-1520
(92) 9134-0048
waldomafra@gmail.com







  










Comentários

Postagens mais visitadas